O ciclo menstrual é um momento que deixa o nosso corpo mais sensível. Por isso, muitas vezes somos atormentadas por alguns incômodos, como as dores de cabeça, por exemplo. Quer saber identificar se a sua dor de cabeça tem origem hormonal e ainda receber algumas dicas de como amenizá-la? Vem conferir as dicas abaixo! <3

O que é dor de cabeça hormonal?

Quando falamos de dor de cabeça hormonal, na maioria dos casos nos referimos à cefaléia menstrual, ou seja, as dores na região da cabeça que são bastante comuns antes ou após a menstruação devido às alterações hormonais que acompanham o ciclo¹.

Esse é um incômodo mais comum do que parece, sendo também um indicativo de migrânea menstrual, ou seja, de enxaqueca no período de menstruação. Apenas por curiosidade, cerca de 60% de todos os casos de enxaqueca estão ligados à menstruação¹.

Por que ocorre e como identificar os sinais?

Como já falamos acima, durante a menstruação ocorre no nosso corpo uma alteração em alguns hormônios, como o estrogênio, por exemplo, cujos níveis aumentam até o momento da ovulação e, após, sofrem uma queda muito rápida. Essa flutuação segue até a vinda do fluxo menstrual. E é justamente essa queda nos níveis de hormônios como o estrogênio que está entre as causas de dores de cabeças hormonais².

Saiba mais em: O que é estrogênio e quais são suas funções

Além disso, o uso de anticoncepcionais, que possuem doses variáveis de hormônios em sua composição, também podem influenciar na frequência e na intensidade das crises de dor de cabeça².

Em geral, as dores de cabeça ou enxaquecas durante o período menstrual costumam ser bastante intensas e durar todo o ciclo, sendo até mais fortes que as enxaquecas comuns (não associadas à menstruação). Além disso, em algumas situações, também são identificados alguns casos de dor classificada como tensional (pressão na cabeça)¹.

Uma dica para identificar se as suas dores de cabeça são hormonais/menstruais é observar se elas ocorrem entre:

  • uma semana antes e uma semana depois do primeiro dia de menstruação;

  • de três dias antes a três dias depois do primeiro dia de menstruação;

  • de dois dias antes ao último dia do período menstrual¹.

Vale lembrar que identificar os sinais no seu dia a dia não define um diagnóstico e é sempre preciso procurar um médico para identificar a dor de cabeça hormonal. O tratamento será definido pelo profissional conforme a sua necessidade².

Não é tão difícil de entender, né?! Para outras dúvidas e assuntos relacionados, é só dar uma olhadinha na seção de dicas do site de Buscofem ou no app Sai Cólica! <3

Buscofem é indicado para o alívio das cólicas e outras dores menstruais. Por ser líquido, não demora para ser absorvido pelo organismo, promovendo o alívio 2x mais rápido que comprimidos. Seu formato em cápsula liquigel torna muito mais fácil de engolir, sem deixar nenhum sabor residual3! Para mais informações, consulte a bula de Buscofem!

NÃO USE ESTE MEDICAMENTO EM CASO DE ÚLCERA, GASTRITE, DOENÇA DOS RINS OU SE VOCÊ JÁ TEVE REAÇÃO ALÉRGICA A ANTI-INFLAMATÓRIOS.

SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.

Buscofem (Ibuprofeno 400mg) é um medicamento analgésico em cápsulas Liqui-Gels®, composto por Ibuprofeno 400mg. LIQUI-GELS® é marca registrada da Catalent Brasil LTDA*. Contraindicações: alergia ou intolerância aos componentes da fórmula, asma, pólipo nasal, inchaço ou urticária provocada por medicamentos, úlcera gastrintestinal, doenças graves do coração, fígado ou rins, desidratação, últimos 3 meses de gravidez e em gestantes sem orientação médica e crianças menores de 12 anos. MS - 1.0367.0159 - SAC 0800 701 66 33. Junho/2018

 

Referências:

1 - Miziara L, Bigal ME, Bordini CA, et al Speciali JG. Cefaleia Menstrual. Arq Neuropsiquiatr. 2003;61(3-A):596-600. [Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/%0D/anp/v61n3A/a13v613a.pdf]

2 - Ribeiro, RL. Carvalho, DS. Cefaléia Associada aos Ciclos Hormonais da Mulher. Rev. Neurociências. 2000.  [Disponível em: http://revistaneurociencias.com.br/edicoes/2000/RN%2008%2003/Pages%20from%20RN%2008%2003-3.pdf]

3 - Mendes, GD; Mendes, FD; Domingues, CC; Oliveira, RA de; Silva, MA da; Chen, LS; et al. Comparative bioavailability of three ibuprofen formulations in healthy human volunteers. Int J Clin Pharmacol Ther. 2008