Praticamente todas as mulheres acabam menstruando depois de cada ciclo e por causa disso, o uso de produtos íntimos para estancar o sangue acabou se tornou uma obrigação nas nossas vidas, principalmente para facilitar nossa rotina, já que somos muito ativas com trabalho, estudo e outros compromissos diários.

O que muitas de nós não sabemos é que existem outras formas e produtos que podemos usar quando estamos nos nossos dias, como, por exemplo, o coletor menstrual. Com ele, podemos ter uma vida mais libertadora! Mas, afinal, o que é o coletor menstrual?

Para responder essa pergunta, confira este texto incrível que vai contar como surgiu o coletor menstrual, como funciona e entender melhor sobre esse produto que pode ser muito prático para a sua vida! Vamos conferir juntas? <3

Como surgiu

Se você acha que o coletor é uma novidade do século XXI, está muito enganada! Ninguém sabe exatamente qual é a origem do copinho, mas em 1937, Leona W Chalmers aprimorou e patenteou o coletor menstrual¹, sendo considerada a pioneira a estudar o produto. Contando com a ajuda de ginecologistas, a inventora evoluiu sua versão para que fosse mais higiênico, saudável e econômico para as mulheres¹.

Contudo, o coletor não foi muito aceito, já que era produzido em látex, o que deixava o produto muito pesado e desconfortável para quem usava¹. Depois de muito tempo e aprimoramento, o coletor passou a ter uma estrutura de silicone medicinal maleável², o que facilita no dia a dia.

Como funciona

O uso do coletor menstrual é superfácil e prático, basta introduzir e alocar o copinho dentro do seu canal vaginal, abaixo do útero, para coletar o sangue da menstruação². Os tamanhos dele são variáveis, sendo a média entre 7 cm de altura e 4 cm de diâmetro².

Por causa da sua estrutura em formato de taça, o coletor menstrual consegue fazer um vácuo no canal vaginal, conseguindo segurar o sangue menstrual por até doze horas seguidas², sem correr o risco de vazar e manchar sua roupa. Também é bem fácil descartar o líquido coletado, é só se desfazer do sangue menstrual em uma pia, vaso sanitário ou chuveiro!

Viu como é fácil usar o coletor menstrual? Agora que você já conhece outra opção de produtos íntimos, que tal dar uma olhadinha na seção de dicas do site de Buscofem ou no app Sai Cólica? Por lá, você vai ficar muito informada sobre seu corpo! <3

Buscofem é indicado para o alívio das cólicas e outras dores menstruais. Por ser líquido, não demora para ser absorvido pelo organismo, promovendo o alívio 2x mais rápido que comprimidos. Seu formato em cápsula liquigel torna muito mais fácil de engolir! Para mais informações, consulte a bula de Buscofem!

 

NÃO USE ESTE MEDICAMENTO EM CASO DE ÚLCERA, GASTRITE, DOENÇA DOS RINS OU SE VOCÊ JÁ TEVE REAÇÃO ALÉRGICA A ANTI-INFLAMATÓRIOS.

SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.

Buscofem (Ibuprofeno 400mg) é um medicamento analgésico em cápsulas Liqui-Gels®, composto por Ibuprofeno 400mg. LIQUI-GELS® é marca registrada da Catalent Brasil LTDA*. Contraindicações: alergia ou intolerância aos componentes da fórmula, asma, pólipo nasal, inchaço ou urticária provocada por medicamentos, úlcera gastrintestinal, doenças graves do coração, fígado ou rins, desidratação, últimos 3 meses de gravidez e em gestantes sem orientação médica e crianças menores de 12 anos. MS - 1.0367.0159 - SAC 0800 701 66 33. Novembro/2018

Referências:

1 - Dias VCPL, Dias MRA. Coletor menstrual: uma análise a luz do metaprojeto. DOI: 10.5151/cid2017-16. [Disponível em: https://www.researchgate.net/profile/Maria_Regina_Dias/publication/325138359_Coletor_menstrual_uma_analise_a_luz_do_metaprojeto/links/5b1455cc4585150a0a668ca3/Coletor-menstrual-uma-analise-a-luz-do-metaprojeto.pdf].

2- Ratti CR, Azzellini EC, Barrense H, Grohmann R. O Tabu da Menstruação Reforçado pelas Propagandas de Absorvente. XXXVIII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação – Rio de Janeiro - RJ – 4 a 7/9/2015. [Disponível em:http://portalintercom.org.br/anais/nacional2015/resumos/R10-0436-1.pdf].

3 - Mendes, GD; Mendes, FD; Domingues, CC; Oliveira, RA de; Silva, MA da; Chen, LS; et al. Comparative bioavailability of three ibuprofen formulations in healthy human volunteers. Int J Clin Pharmacol Ther. 2008