A ovulação é um processo natural que indica que estamos entrando no período fértil, ou seja, que o corpo está se preparando para receber uma fecundação¹. E assim como outras condições que afetam nossas vidas, existem alguns sinais e sintomas que nos ajudam a compreender melhor o que está acontecendo.

Para ajudar a saber exatamente quais são os possíveis sintomas de ovulação que você pode estar sentindo, separamos algumas dicas para aprender a reconhecer essa fase do ciclo! Preparada? Vamos lá descobrir juntas! <3

Aumento de temperatura

Um sintoma muito comum nos períodos férteis é o leve aumento de temperatura corporal basal ao acordar2. Isso significa, em outras palavras, que ao despertar pela manhã, você sentir o seu corpo com a temperatura levemente alterada, pode ser que você esteja ovulando²!

Nesse caso, uma das dicas é medir a sua temperatura com um termômetro quando estiver acordando. Mas lembre-se de que esse sintoma, por si só, não indica ovulação, pois pode estar associado a outros problemas.

Dor pélvica

Um dos principais sinais de que a ovulação está a caminho é a dor na região do pelvis, também conhecida como cólica. A intensidade desse tipo de dor costuma variar entre cada mulher, mas estará presente em formato de pontadas, desde leves até mais doloridas, podendo durar minutos, horas e até mesmo dias³.

O texto dor de ovulação: o que é e como identificar vai ajudar a você a entender as dores nessa fase!

Apetite sexual

Geralmente o aumento de apetite sexual acontece quando o nosso corpo já está ovulando¹, ou seja, o hormônio chamado progesterona - que nos dá esse desejo - só passa a ser liberado quando entremos nessa fase¹, dando uma dica para as mulheres que querem engravidar!

Mas lembre-se: cada mulher possui o seu ciclo menstrual e isso pode afetar esses sintomas, por isso o importante é estar sempre acompanhando o seu ciclo junto a um ginecologista.

Agora que você sabe essas dicas, fica mais fácil de distinguir se você está ou não na fase ovulatória, não é mesmo? E para passar bem por essa fase, fique de olho na nossa seção de dicas do site de Buscofem ou instale o app Sai Cólica para jogar diversos jogos e ficar por dentro das novidades! <3

Buscofem é indicado para o alívio das cólicas e outras dores menstruais. Por ser líquido, não demora para ser absorvido pelo organismo, promovendo o alívio 2x mais rápido que comprimidos5. Seu formato em cápsula liquigel torna muito mais fácil de engolir. Para mais informações, consulte a bula de Buscofem!

NÃO USE ESTE MEDICAMENTO EM CASO DE ÚLCERA, GASTRITE, DOENÇA DOS RINS OU SE VOCÊ JÁ TEVE REAÇÃO ALÉRGICA A ANTI-INFLAMATÓRIOS.

SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.

Buscofem (Ibuprofeno 400mg) é um medicamento analgésico em cápsulas Liqui-Gels®, composto por Ibuprofeno 400mg. LIQUI-GELS® é marca registrada da Catalent Brasil LTDA*. Contraindicações: alergia ou intolerância aos componentes da fórmula, asma, pólipo nasal, inchaço ou urticária provocada por medicamentos, úlcera gastrintestinal, doenças graves do coração, fígado ou rins, desidratação, últimos 3 meses de gravidez e em gestantes sem orientação médica e crianças menores de 12 anos. MS - 1.0367.0159 - SAC 0800 701 66 33. Novembro/2018

Referências:

1 - Santos, TA. Fisiologia do ovário e da fecundação. FSPOG. [Disnponível em: http://www.fspog.com/fotos/editor2/cap_03.pdf]

2 - Chaves, CPG; Simão, R; Araújo, CGS. Ausência da variação de flexibilidade durante o ciclo menstrual em universitárias Rev Bras Med Esporte. 2002. [Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/%0D/rbme/v8n6/v8n6a02.pdf]

3 - Beznos GW. Distúrbios menstruais. Pediatr Mod. Ago 2002; 38(8): 372-375. [Disponível em: http://www.moreirajr.com.br/revistas.asp?id_materia=2062&fase=imprime]

4 - Bula Buscofem® - Bula do paciente Buscofem® [Internet]. [Disponível em: http://www.anvisa.gov.br/datavisa/fila_bula/frmVisualizarBula.asp?pNuTransacao=1160512017&pIdAnexo=4714449]

5 - Mendes, GD; Mendes, FD; Domingues, CC; Oliveira, RA de; Silva, MA da; Chen, LS; et al. Comparative bioavailability of three ibuprofen formulations in healthy human volunteers. Int J Clin Pharmacol Ther. 2008