Como saber se vou menstruar?

A menstruação é uma resposta do útero, que contrai a fim de eliminar o endométrio, já que o óvulo não foi fecundado. Isso só é possível graças às mudanças hormonais que ocorrem durante o ciclo, e fazem com que o organismo feminino funcione com uma certa rotina. No chamado período pré-menstrual, os dias que antecedem o sangramento, uma série de sinais e sintomas acometem o organismo feminino e indicam que a menstruação está chegando.

Aproximadamente quatro dias antes de menstruar, a queda dos hormônios progesterona e estrogênio fazem com que a mulher perceba algumas alterações físicas e emocionais¹. Seios doloridos, aparecimento de espinhas nas mais jovens e uma alteração de humor - ora mais triste, ora normal- são indícios fortes que indicam o que está por vir². A dor de cabeça também é um sintoma recorrente, e se explica pela baixa de estrogênio. Sem este hormônio, os vasos sanguíneos dilatam, provocando uma dor semelhante à da enxaqueca.

Cerca de 85% de todas as mulheres que menstruam relatam apresentar pelo menos um ou mais sintomas pré-menstruais. Porém, somente cerca de 2 a 10% das mulheres que menstruam relatam sintomas incapacitantes. Mais de 200 sintomas têm sido associados com a TPM².

Além dos já mencionados, outros sintomas muito frequentes são: ansiedade, irritabilidade, fadiga, insônia, retenção hídrica e aumento do apetite². Nem todos estes são necessariamente percebidos, e também há mulheres que sequer têm TPM - que sorte! Os sintomas da TPM se distinguem das alterações fisiológicas do ciclo menstrual, pois causam alterações nas atividades diárias da paciente e, geralmente, antecedem a menstruação.

Com o passar dos anos, a mulher vai conhecendo melhor o seu corpo e consegue identificar os sintomas direitinho. Para algumas mulheres, se as mamas estão sensíveis e a barriga inchada, é certeza de que a menstruação está vindo em seguida. Outras choram compulsivamente sem ter um motivo, e já sabem que a responsável pelas tantas lágrimas é a tensão pré-menstrual.

É importante ressaltar que todos os sintomas antecedentes - como dores, inchaço ou depressão - devem desaparecer com a chegada da menstruação². Após esta fase, quando o fluxo  menstrual já ficou para trás, a mulher inicia a fase pós-menstrual, na qual os hormônios voltam a ser produzidos, e os sintomas indesejáveis vão embora.

Para ficar de olho no seu ciclo menstrual, você pode usar o aplcativo Sai Cólica. Ele tem um calendário que você congifura conforme seu ciclo. O app é gratuito para Android e iOS, e ainda tem jogos superdivertidos, para você passar o tempo e se distrair naquelas horas em que a cólica menstrual aparece.

Cerca de 85% de todas as mulheres que menstruam relatam apresentar pelo menos um ou mais sintomas pré-menstruais.

Referências:

1) Brilhante AVM, Bilhar APM, Carvalho CB,et al. Síndrome pré-menstrual e síndrome disfórica pré-menstrual: aspectos atuais. Femina. 2010 Jul; 38(7): 373-378.

2) Paiva SPC, Paula LV, Nascimento LLO. Tensão Pré-Menstrual (TPM): Uma revisão baseada em evidências científicas. Femina. 2010 Jun; 38(6): 311-315.