O nosso website utiliza cookies para lhe identificar e aprimorar a sua experiência de navegação.
Alguns cookies são necessários, outros são utilitários, analíticos ou de marketing. Ao continuar navegando, você concorda com os termos da nossa Política de Cookies.

Cuidar da higiene íntima é imprescindível para ambos os sexos. Homens e mulheres, mesmo com aparelhos reprodutivos tão distintos, física e funcionalmente, necessitam ter muita atenção quando o assunto é higiene, pois esta é uma grande aliada na prevenção de inflamações e irritações na área genital. Entretanto, quando pensamos na higiene íntima da mulher, ainda há de se considerar o período menstrual merecedor de uma maior atenção.

Durante a menstruação, algumas alterações importantes deixam a mulher mais vulnerável a infecções do trato reprodutivo. O pH vaginal fica desequilibrado, a umidade na região aumenta e a descamação do tecido ocorre mais intensamente. Sendo assim, durante o período menstrual, a vagina se torna um ambiente propício à proliferação de vírus, bactérias e fungos. Para evitar surpresas desagradáveis como estas, a solução é simples: basta cuidar muito bem da higiene íntima¹.

E, quando falamos em cuidados com a higiene, não significa que você precisa passar na farmácia e comprar todos os produtos femininos imagináveis. Pelo contrário! A higiene íntima ideal pode ser feita com a dupla dinâmica água e sabão neutro. Os sabonetes líquidos específicos para a limpeza da genitália ainda geram controvérsia entre ginecologistas. Alguns condenam o uso destes produtos, argumentando que, quanto mais se altera o habitat da flora bacteriana fisiológica vulvar e vaginal, maiores são os riscos de infecções e inflamações².

Além da limpeza propriamente dita, outro cuidado como a troca de absorventes deve ser observado. Naqueles dias, a mulher que optar tanto pelo absorvente externo quanto pelo interno deve ter o cuidado de trocá-los frequentemente. O intervalo de tempo entre uma troca e outra vai depender da intensidade do fluxo de cada uma e da sua necessidade pessoal. A recomendação é não ficar mais de quatro horas com o mesmo absorvente para prevenir odores desagradáveis e até mesmo a proliferação de micro-organismos prejudiciais à saúde¹. Vale ainda a ressalva: dormir de absorvente interno, por mais que pareça a solução perfeita para uma noite de sono ininterrupto, é altamente perigoso. A prática pode resultar em uma infecção pélvica gravíssima. Então, nada de preguiça quando o assunto é trocar o absorvente.

Tendo em vista a complexidade do aparelho reprodutor feminino e suas alterações durante o ciclo menstrual, a higiene íntima deve ganhar atenção redobrada naqueles dias. Além de prevenir doenças mais sérias, os cuidados com a higiene, principalmente durante a menstruação, proporcionam conforto e bem-estar para a mulher. Para não tornar este período ainda mais conturbado, lembre-se de priorizar a higiene tanto quanto a cólica e a TPM.

A higiene íntima ideal pode ser feita com a dupla dinâmica água e sabão neutro.

Referências:

1) Bonet R, A Garrote. Higiene de la zona íntima femenina: más allá de la limpieza. Offarm. 2005; 24(11):76-80.
2)  Araujo MP, Martins KDF, Zucchi EVM, et al. O uso de sabonetes íntimos femininos. Femina. 2009; 37(4): 229-234.

ONDE COMPRAR ONLINE

Buscofem. ibuprofeno.
Indicações: tratamento dos sintomas de febre e dores leves e moderadas associadas a gripes e resfriados, dores de garganta, de cabeça, enxaqueca, de dente, nas costas, musculares, articulares e na região abaixo do umbigo, como cólicas menstruais. MS 1.7817.0892.

SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.

Fev/2021.
LIQUI-GELS® é marca registrada da Catalent Brasil LTDA.

Referência Consultada: 1. Bula do produto Buscofem. 2. *Mendes GD, Mendes FD, Domingues CC, et al. Comparative bioavailability
of three ibuprofen formulations in healthy human volunteers. Int J Clin Pharmacol. 2008; 46 (6), 309 – 318.