O nosso website utiliza cookies para lhe identificar e aprimorar a sua experiência de navegação.
Alguns cookies são necessários, outros são utilitários, analíticos ou de marketing. Ao continuar navegando, você concorda com os termos da nossa Política de Cookies.

Após marcar a consulta, é comum que muitas mulheres fiquem na dúvida se podem ter relação um dia antes de ir ao ginecologista. A resposta para essa pergunta não é estática, pois ela depende de alguns outros fatores, por exemplo, se a ida ao ginecologista irá ou não contar com exames preventivos. Vamos entender melhor!

Por que é tão importante ir ao ginecologista?

Ir ao ginecologista é essencial para a saúde íntima da mulher. É no consultório desse médico que geralmente podem ser realizados diversos exames, como os exames preventivos contra o câncer de colo de útero e de mama, importantes para a descoberta precoce de possíveis neoplasias¹, bem como exames para detectar doenças sexualmente transmissíveis das mais diversas e que nem sempre apresentam sintomas².

Além disso, também é dentro do consultório desse médico que você pode - e deve - tirar todas as suas dúvidas em relação à sua saúde íntima, desde alterações menstruais, formas de higiene e métodos de prevenção.

E pode ter relações sexuais antes de ir ao ginecologista?

Poder ou não ter relações sexuais antes da ida ao ginecologista depende da razão pela qual ela foi marcada. Se for para tirar dúvidas, trocar de pílula anticoncepcional ou outra razão que faça da consulta apenas um momento de conversa, não há necessidade em restringir a atividade sexual.

Já em casos de exames ginecológicos intravaginais, existem algumas recomendações, mas elas não proíbem o ato sexual em si. O que acontece é que para vários desses exames, a orientação é de que não sejam utilizados lubrificantes e espermicidas (ou preservativos que contenham esses dois elementos), e por essa razão é comum que alguns médicos recomendem a abstenção sexual no dia da consulta³.

Por outro lado, exames preventivos, como o papanicolau, que consiste no esfregaço do colo do útero, a indicação é de que não ocorram relações sexuais nas últimas 48h antes da coleta4. Por isso, fique atento e, em caso de dúvidas, converse com o seu ginecologista e saiba quais as orientações a serem seguidas antes da consulta.

Ir ao ginecologista é essencial para a saúde íntima da mulher. É no consultório desse médico que geralmente podem ser realizados diversos exames…

Referências:

1) Beghini AB, Salimena AMO, Melo MCSC, et al. Adesão das acadêmicas de enfermagem à prevenção do câncer ginecológico: da teoria à prática. Texto Contexto Enferm. 2006 Out-Dez; 15(4): 637-44.

2) Villela WV, Pinto VM. Atenção às DST em mulheres. In: Compromissos do governo brasileiro com a plataforma da conferência internacional sobre população e desenvolvimento: rumos para Cairo +20. Brasília: Presidência da República. Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres; 2010.

3) Albuquerque LM, Ikeda MSS, Figueirêdo BLT. Manual do exame ginecológico: monitoria de ginecologia. Fortaleza: Universidade Federal do Ceará; 2015.

4) Souza AS, Rodrigues AM, Augusto D, et al. Prevenção e controle do câncer de mama. Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte; 2008.

ONDE COMPRAR ONLINE

Buscofem. ibuprofeno.
Indicações: tratamento dos sintomas de febre e dores leves e moderadas associadas a gripes e resfriados, dores de garganta, de cabeça, enxaqueca, de dente, nas costas, musculares, articulares e na região abaixo do umbigo, como cólicas menstruais. MS 1.7817.0892.

SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.

Fev/2021.
LIQUI-GELS® é marca registrada da Catalent Brasil LTDA.

Referência Consultada: 1. Bula do produto Buscofem. 2. *Mendes GD, Mendes FD, Domingues CC, et al. Comparative bioavailability
of three ibuprofen formulations in healthy human volunteers. Int J Clin Pharmacol. 2008; 46 (6), 309 – 318.