O nosso website utiliza cookies para lhe identificar e aprimorar a sua experiência de navegação.
Alguns cookies são necessários, outros são utilitários, analíticos ou de marketing. Ao continuar navegando, você concorda com os termos da nossa Política de Cookies.

As mulheres que sofrem com as dores “daqueles dias” sabem bem sobre o poder de alívio de um remédio para cólica menstrual. Mas, afinal, por que esse tipo de medicamento é tão eficaz? Entenda melhor como agem os remédios para cólica menstrual e por que eles são tão eficientes.

Por que sentimos cólicas menstruais?

As cólicas são supercomuns nos primeiros dias de sangramento. Elas surgem devido à produção excessiva de prostaglandinas, uma substância natural do organismo que aumenta no início da menstruação, principalmente nas mulheres que sofrem mais com essas dores. A ação das prostaglandinas causa contrações no útero, que na tentativa de eliminar o endométrio, acaba causando as tais das cólicas menstruais1,2.

Vale ressaltar que a cólica menstrual é um dos problemas ginecológicos que mais afeta mulheres no mundo todo. Em alguns casos, essa dor chega a ser tão intensa, ao ponto de ser incapacitante e interferir no dia a dia da mulher¹. Mas, salvo esses casos que necessitam do auxílio de um profissional, os remédios para cólicas menstruais são uma ótima alternativa para mandar a dor para bem longe.

E como funcionam os remédios para cólicas menstruais?

Grande parte dos remédios para cólica menstrual são compostos por propriedades analgésicas e anti-inflamatórias, como o Ibuprofeno. Esse princípio ativo, entre outros, age inibindo temporariamente as enzimas que ativam a produção das prostaglandinas, o que elimina as dores das cólicas menstruais1,2. Daí vem a eficácia desse tipo de medicamento para aliviar as cólicas menstruais.

Além disso, medicamentos contra cólica menstrual que têm Ibuprofeno como princípio ativo, também costumam ter uma ação rápida: cerca de 20 minutos após a ingestão, aliviando as dores por até 6h. É importar ressaltar que por já contar com propriedades analgésicas, não é recomendando ingerir outros tipos de medicamentos com esse componente3, entre outras advertências que devem ser observadas – leia sempre a bula dos medicamentos.

Vale ressaltar que a cólica menstrual é um dos problemas ginecológicos que mais afeta mulheres no mundo todo.

Referências:

1) Barbosa IC, Fernandes CE, Filho CI, et al. Comparação da eficácia e segurança de valdecoxibe* e piroxicam no tratamento da dismenorreia primária. RBM [Internet]. [Acesso em 2016 abril 29]. Disponível em: http://www.moreirajr.com.br/revistas.asp?id_materia=3605&fase=imprime.

2) Bravo RS, Grupo de Pesquisa Meloxicam. Ensaio clínico de meloxicam na dismenorreia primária em mulheres brasileiras. RBM [Internet]. [Acesso em 2016 abril 29]. Disponível em: http://www.moreirajr.com.br/revistas.asp?id_materia=1972&fase=imprime.

3) Bula Buscofem®- Ibuprofeno, Brasil. [Acesso em 2016 abril 29]. Disponível em: http://www.anvisa.gov.br/datavisa/fila_bula/frmVisualizarBula.asp?pNuTransacao=4519702015&pIdAnexo=2641926.

ONDE COMPRAR ONLINE

Buscofem. ibuprofeno.
Indicações: tratamento dos sintomas de febre e dores leves e moderadas associadas a gripes e resfriados, dores de garganta, de cabeça, enxaqueca, de dente, nas costas, musculares, articulares e na região abaixo do umbigo, como cólicas menstruais. MS 1.7817.0892.

SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.

Fev/2021.
LIQUI-GELS® é marca registrada da Catalent Brasil LTDA.

Referência Consultada: 1. Bula do produto Buscofem. 2. *Mendes GD, Mendes FD, Domingues CC, et al. Comparative bioavailability
of three ibuprofen formulations in healthy human volunteers. Int J Clin Pharmacol. 2008; 46 (6), 309 – 318.