Atividade física e menstruação: Posso praticar exercícios físicos menstruada?

Quando chegam aqueles dias, tudo que mais queremos é ficar atiradas no sofá, assistindo a uma comédia romântica e comendo brigadeiro, certo? Talvez não. Mesmo com dores de cabeça, inchaço, cólica e tantas outras adversidades, a vida não para, e a mulherada continua sua rotina de exercícios físicos. Apesar de parecer monstruoso, praticar atividades físicas durante a menstruação pode ser muito saudável¹. As dúvidas acerca desse assunto são bastante recorrentes, pois ainda há pouco esclarecimento sobre o funcionamento do corpo feminino durante o período menstrual. Para começar o post de hoje, vamos explicar rapidamente o que ocorre com nossos hormônios e como eles podem influenciar no rendimento físico.

O ciclo menstrual é dividido em fases. Tomando como exemplo um ciclo de 28 dias, temos:

●      Fase da Menstruação, do 1º ao 4º dia

●      Fase Pós-menstrual, do 5º ao 11º dia

●      Fase Intermenstrual, do 12º ao 22º dia

●      Fase Pré-menstrual, do 23º ao 28º dia

De acordo com a fase do ciclo, a performance em exercícios físicos pode variar, pois em cada uma delas há liberações de hormônios diferentes. Esses hormônios influenciam (e muito!) no comportamento do corpo feminino durante a prática de esportes.

♥ Os hormônios do ciclo menstrual e o rendimento físico

Na fase Pré-Menstrual, temos uma queda nos níveis de progesterona, logo a capacidade de concentração diminui e a fadiga ocorre mais rapidamente. Nessa fase, a mulher se sente mais fraca, sente dores de cabeça e nos seios e fica menos paciente com os treinos. Em decorrência, o desempenho físico pode sofrer uma redução. Durante a menstruação, as concentrações de estrógeno e de progesterona caem para quase zero. Nesse estágio, são comuns sintomas como cólica e cansaço, que podem deixar a mulher indisposta para os treinos. Já na Fase Pós-Menstrual, a crescente taxa de estrogênio e uma maior secreção de noradrenalina melhoram significativamente a performance em exercícios.

♥ Os benefícios da prática esportiva

Sabendo que nosso corpo funciona de maneira diferente em cada fase do ciclo, devemos respeitar a condição que ele nos impõe para não sentirmos desconforto durante o exercício. Se a atividade está adaptada ao nosso rendimento, essa traz muitos benefícios para a mulher no período menstrual. Quando fazemos exercícios, nosso corpo libera hormônios que podem ter efeito analgésico e aliviar as cólicas menstruais. As endorfinas produzidas durante a atividade física melhoram o humor e podem amenizar os temidos sintomas da TPM¹. Além disso, manter-se em movimento eleva a temperatura corporal e favorece uma vasodilatação que resulta na melhora da irrigação dos tecidos. Consequentemente, temos uma sensação de conforto e alívio tão prazerosa quanto assistir a um filme comendo brigadeiro!

♥ Alguns cuidados

Só não podemos esquecer que, para praticar esportes com segurança e sem medo, temos de cuidar da higiene íntima. Quando estamos naqueles dias, fazemos de tudo para que ninguém note o que está acontecendo. Para a prática de atividades físicas, o cuidado com a higiene deve ser redobrado. Tenha sempre consigo uma necessaire de emergência, com absorventes e lencinhos umedecidos. Depois do treino, tome um bom banho (e já aproveite para relaxar!)

Lembre-se: não há restrições para a prática esportiva durante a menstruação, mas devemos respeitar as limitações do nosso organismo. Se as dores ou o fluxo estiverem intensos, pegue leve. Prefira atividades menos exaustivas, como alongamentos ou caminhadas.

O ciclo menstrual é dividido em fases. Tomando como exemplo um ciclo de 28 dias. 

Referência 

1) Quintana LM, Heiz LN, Portes LA, et al. Influência do nível de atividade física na dismenorréia. Rev Bras Ativ Fis Saude. 2010; 15(2): 101-4.